Linhas de pesquisa do Hemoce

 

1- Biossegurança dos hemocomponentes e estudo de doenças infecciosas.

 

Objetivo: Desenvolver estudos que permitam ampliar o conhecimento sobre doenças infecciosas estabelecidas e emergentes e das diversas etapas do processo da doação de sangue e hemocomponentes, mensurando o risco potencial baseado na caracterização dos níveis de segurança biológica (OMS), associado a pontos críticos de controle do ciclo do sangue e propondo melhorias nos processos produtivos com vistas à promoção da segurança transfusional.

 

Áreas do conhecimento

Ciências da Saúde > Saúde Coletiva > Saúde Pública

Ciências da Saúde > Medicina > Clínica Médica > Hemoterapia > Doenças de impacto transfusional > Hemovigilância

 

2- Inovação e qualificação da transfusão e manuseio do sangue do paciente

(inclui hemorragia e estudo dos grupos sanguíneos)

 

Objetivo: esenvolver estudos que permitam a segurança e o conhecimento do processo de transfusão sanguínea, hemocomponentes e hemoderivados, propor melhorias nos processos de transfusão e segurança transfusional, incluindo a rastreabilidade dos procedimentos pré e pós-transfusionais e hemovigilância. Inclui manuseio da hemorragia e estudo dos grupos sanguíneos.

 

Áreas do conhecimento

Ciências da Saúde > Saúde Coletiva > Saúde Pública

Ciências da Saúde > Medicina > Clínica Médica > Hemoterapia > Hematologia > Grupos Sanguíneos

 

3- Novas soluções e melhoria no tratamento e suporte ao paciente hematológico, oncológico e transplante

(inclui TMO, CAR-T Cell e Impressão 3D)

 

Objetivo: Desenvolver pesquisas em busca de soluções inovadoras para o estudo e tratamento de doenças hematológicas, oncológicas, transplantes e situações relacionadas. Aplicar tecnologias no desenvolvimento de processamento celular, protocolos de processamento e diferenciação celular e biologia das células-tronco, bem como no desenvolvimento de novas tecnologias para seu uso no tratamento de doenças.estudar aspectos genéticos, laboratoriais e terapêuticos em doença falciforme e distúrbios da coagulação. Inclui TMO, CAR-TCell e Impressão 3D. Sublinhas: novas tecnologias, hemoglobinopatias e coagulopatias.

 

a) Novas tecnologias:
Objetivo: Aplicar a impressão 3D na área de desenvolvimento celular, e na produção de mini-órgãos, válvulas, cartilagens que futuramente poderão ser utilizados na terapia para transplantes em animais e humanos, como também utilizar essa técnica como terapia eletiva, no tratamento de injúrias e principalmente no tratamento de doenças crônico-degenerativa.

 

b) Hemoglobinopatia
Objetivo: Desenvolver estudos que permitam o melhor conhecimento das hemoglobinopatias, propondo projetos que investiguem características genéticas, clínicas, epidemiológicas e laboratoriais, tratamento, diagnóstico e acompanhamento dos pacientes, bem como o aprimoramento de práticas de gestão, aumentando a segurança e a qualidade de vida dos pacientes.

 

c) Coagulopatias
Objetivo: Desenvolver estudos que permitam o melhor conhecimento das coagulopatias (hemofilias, trombofilias e doença de von Willebrand), propondo projetos que investiguem características genéticas, clínicas, epidemiológicas e laboratoriais, tratamento, diagnóstico e acompanhamento dos pacientes, bem como o aprimoramento de práticas de gestão, aumentando a segurança e a qualidade de vida dos pacientes.

 

Áreas do conhecimento:

Ciências da Saúde > Saúde Coletiva > Saúde Pública

Ciências da Saúde > Medicina > Clínica Médica > Hemoterapia > Hematologia > Transplante de medula e órgãos > Terapia celular

 

4 – Qualidade e gestão em serviços de hemoterapia

 

Objetivo: Desenvolver projetos na área da gestão em serviços de hemoterapia, integração com a rede hospitalar e ambulatorial, segurança transfusional, implantação de programas de gestão da qualidade em nível de certificação. Controle de qualidade de processos e produtos na área de hemoterapia. Políticas ambientais ou de sustentabilidade desenvolvendo conhecimentos que aprimorem os processos institucionais para maior eficiência e segurança da prática hemoterápica e atendimento de pacientes hematológicos e de áreas afins, visando o aprimoramento do cuidado. Promoção da qualidade de vida de usuários e colaboradores.

 

Áreas do conhecimento:

Ciências da Saúde > Saúde Coletiva > Saúde Pública

Ciências da Saúde > Medicina > Clínica Médica > Hemoterapia e Hematologia> Gestão da Qualidade > Humanização