lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Assessoria de Comunicação Notícias Doações regulares ajudam a manter estoque de sangue do Hemoce
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Doações regulares ajudam a manter estoque de sangue do Hemoce
Sex, 08 de Dezembro de 2017 17:50

alt

O farmacêutico Ernesto Rocha, 50, é doador regular do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará – Hemoce, da rede pública do Governo do Ceará. A cada dois meses, ele doa sangue no posto de coleta que fica no Instituto Dr. José Frota (IJF), na Capital. Em 32 anos, Ernesto já realizou 51 doações sanguíneas. “A primeira vez que doei, foi aos 18 anos e desde então, não parei mais. Doar sangue faz parte da minha rotina, o dia de doar é uma data que fica programada na minha agenda”, afirma.

O índice da população cearense que doa sangue, 2,1%, é maior do que a média nacional, que é de 1,8%. De acordo com a diretora geral do Hemoce, Luciana Carlos, as doações regulares, a cada três meses para as mulheres e a cada dois meses para os homens, são importantes para manter o estoque satisfatório e atender a demanda transfusional dos pacientes nas unidades de saúde do Ceará. “A gente precisa lembrar que todos os dias existem pessoas que precisam de transfusão de sangue e que dependem da boa vontade dos doadores, pois não existe substituto para o sangue”, ressalta.

banner site HEMOCE atendimento

Uma bolsa tem aproximadamente 450ml de sangue. Com apenas uma, é possível salvar de três a quatro vidas. “Doar sangue não dói, não faz mal, ajuda a quem precisa e não custa nada dedicar alguns minutos do meu dia para fazer o bem”, declara Ernesto. O Hemoce recebe diariamente uma média 300 doações de sangue nas unidades de coleta em Fortaleza e no interior do estado. A maioria das doações, cerca de 85% das bolsas coletadas, é de voluntários que procuram o serviço de saúde espontaneamente, ou seja, sem conhecer alguém que esteja precisando receber transfusão de sangue.

Além da doação de sangue total, que é o tipo mais convencional, o Hemoce recebe também voluntários para a doação de plaqueta por aférese, procedimento feito através de uma máquina onde é retirada apenas uma das células desejadas no sangue. O voluntário Ronaldo Meireles é um dos doadores de plaquetas fidelizado e faz pelo menos duas doações mensais no Hemoce. “Como o intervalo da doação de plaquetas é menor do que da doação total de sangue, eu cumpro rigorosamente”, diz. A doação de plaquetas por aféreses pode ser realizada quatro vezes ao mês, em um intervalo mínimo de 48 horas, até 24 vezes ao ano. “Quando eu chego no Hemoce, me sinto acolhido, bem tratado, faço amizades. Doar é um ato nobre e eu fico muito satisfeito em ajudar ao próximo, pra mim é um prazer fazer o bem”, fala Ronaldo.

Onde doar

O Hemoce conta com unidades fixas para atender aos doadores em Fortaleza, Paracuru, Iguatu, Sobral, Crato, Juazeiro do Norte, Quixadá. Além dos pontos fixos, o Hemoce realiza diariamente o serviço de coleta externa onde a unidade móvel vai ao encontro dos doadores de sangue. Para que a coleta aconteça, é necessária a parceira com instituições públicas ou privadas. Essas podem entrar em contato com o hemocentro de sua região por telefone ou e-mail para agendar.

A sede do Hemoce em Fortaleza funciona todos os dias: de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 18h30min; no sábado, das 8 às 16 horas, e no domingo, das 8 às 13 horas, na Av. José Bastos, 3390, no bairro Rodolfo Teófilo. Qualquer pessoa entre 16 e 69 anos de idade, com mais de 50kg, saudável, bem alimentando e possuindo um documento de identificação oficial e com foto pode se candidatar à doação de sangue.




Foto: Assessoria de Comunicação do Hemoce


Assessoria de Imprensa do Hemoce
Natássya Cybelly
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
3101.2308


 

Calendário

Abril 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 1 2 3 4 5