lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Assessoria de Comunicação Notícias Balanço do atendimento aos pacientes no ambulatório do Hemoce
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Balanço do atendimento aos pacientes no ambulatório do Hemoce
Qui, 14 de Março de 2013 15:39

 

 

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) além da doação de sangue e cadastro para doação de medula óssea, também realiza atendimento  a pacientes com coagulopatias, hemoglobinopatias ou que necessitem submeter-se à transfusão de hemocomponentes (hemácias, plaquetas, crioprecipitado) ou à sangria terapêutica.

 

Para ser atendido no ambulatório o paciente deve apresentar encaminhamento médico, comprovante de residência, documento de identidade e CPF. Ao chegar no hemocentro será realizado um cadastro e o mesmo passará por um atendimento especializado, para avaliação de seu estado e a necessidade de realização do procedimento recomendado.

 

A seguir apresentamos mais informações sobre nossos serviços de atendimento ambulatorial e o balanço de atendimento durante o ano de 2012.

 

Pacientes com Doença Falciforme e outras Hemoglobinopatias

 

Desde a publicação da Portaria Nº 675 de 2010 no Diário Oficial do Estado de 17 de maio de 2010, o Hemoce passou a realizar o atendimento integral às pessoas com doença falciforme e outras hemoglobinopatias. Através do decreto, o serviço, ligado ao Sistema Único de Saúde - SUS, é oferecido a pacientes acima de 18 anos de idade por toda a hemorrede cearense. Pacientes com faixa etária inferior devem procurar o Hospital Infantil Albert Sabin, unidade do estado responsável por esse atendimento.

 

No ano de 2012, apenas no Hemocentro Coordenador, foram realizados 452 atendimentos ambulatoriais de hemoglobinopatias, que abrangem consultas médicas e de enfermagem, e atendimentos especializados nas áreas de Ortopedia, Odontologia, Fisioterapia, Psicologia e Serviço Social, além da dispensação dos medicamentos Hidroxiuréia (Hydrea) e de Desferazirox (Exjade), 12.490 e 3.548 comprimidos, respectivamente, no período de janeiro a dezembro de 2012, através do Serviço de Farmácia do Hemoce.

 

Serviço Especializado Quantidade
Ortopedia 139
Odontologia 313
Fisioterapia 1.577
Psicologia 146
Serviço Social 2.260
Total 4.435

Obs: O atendimento especializado é direcionado aos pacientes do Serviço de Coagulopatias e Hemoglobinopatias.

 

Pacientes com Coagulopatias Hereditárias

 

A partir de novembro de 1983, quando se iniciaram oficialmente as atividades do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará – HEMOCE, a Unidade de Assistência aos portadores de Coagulopatias Hereditárias, especialmente as Hemofilias, com profilaxias e tratamento das complicações e reposição dos fatores da coagulação. A Hemorrede atende a pacientes com coagulopatias hereditárias que podem ser classificadas com as seguintes deficiências de fator: Deficiência de fibrinogênio (fator I), Afibrinogenemia, Hipofibrinogenemia, Disfibrinogenemia, Deficiência de Protrombina (fator II), Deficiência de fator V, Deficiência de fator VII; Deficiência de fator VIII-Hemofilia A, Deficiência de fator IX-Hemofilia B, Deficiência de fator X; Deficiência de fator XI, Deficiência de fator XII, Deficiência de fator estabilizador de fibrina (fator XIII) e Doença de Von Willebrand. Dentre as coagulopatias hereditárias, as hemofilias e a doença de von Willebrand (DvW) são as mais comuns. São consideradas coagulopatias raras as deficiências de fator I,II,V,VII,X e XIII.
 

No ano de 2012, apenas no Hemocentro Coordenador, foram realizados 5.434 atendimentos ambulatoriais de coagulopatias além dos atendimentos especializados nas áreas de Ortopedia, Odontologia, Fisioterapia, Psicologia e Serviço Social já citados. Para garantir a assistência integral o Hemoce capacita os acompanhantes de pacientes ou mesmo os próprios pacientes a realizar a aplicação do fator, de forma a minimizar os males provocados pela ausência desse componente.
 

Os pacientes podem obter o fator no Serviço de Farmácia do Hemoce disponível em todas as nossas unidades de atendimento, distribúidas nos municípios de Fortaleza, Quixadá, Iguatu, Crato e Sobral. Segue a tabela de distribuição das unidades dispensadas, só no Hemocentro Coordenador, no ano de 2012

 

 Fator de Coagulação (Unidade Dispensada) Ano de 2012
Fator VIII 15.459.250 UI
Fator IX 2.539.750 UI
CCPA (Concentrado Complexo Protrombínico Ativado) 2.216.000 UI
Fator VII  147.474 KUI
Fator VW  814.050 UI
DDAVP  235 ug
CCP  (Concentrado Complexo Protrombínico)  124.300 UI
Hemoblock 250mg  8.059 mg

 

Atendimento no Ambulatório de Transfusão

 

O Hemoce também realiza atendimento hemoterápico em pacientes que necessitam, periodicamente, submeter-se à transfusão de hemocomponentes (hemácias, plaquetas, crioprecipitado) ou à sangria terapêutica e que apresentem condições clínicas para realizar esses procedimentos em ambulatório. Só ano passado, no Hemocentro Coordenador, foram realizados 3.090 transfusões de hemocomponentes e 730 sangrias terapêutica.

 

 

- - -
Assessoria de Imprensa do Hemoce
Suzana de Araújo Mont'Alverne ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  / 3101.2308 / 9663.2344 / 8768.0618)
Twitter: @Hemoce
Facebook: Hemoce (Oficial)
 

Calendário

Agosto 2020
D 2a 3a 4a 5a 6a S
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5