lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Doação de Plaquetas
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Doação de Plaquetas
Ter, 29 de Abril de 2014 10:00

alt


Para ser um doador de plaquetas é preciso:

- Ter doado sangue no Hemoce nos últimos 24 meses
- Estar saudável
- Estar bem alimentado (evitar alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação)
- Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos
- Pesar mais de 50kg
- Apresentar um documento oficial com foto
- Ter bom acesso venoso (avaliado pela equipe do Hemoce)
- Realizar hemograma no Hemoce antes da doação. O doador deve estar com o número de plaquetas superior a 150.000/mm , no momento da doação
- Não estar fazendo o uso de ácido acetilsalicílico (AAS), anti-inflamatórios e remédios para pressão.

Se homem, não ter recebido sangue anteriormente. Se mulher, não ter engravidado ou recebido sangue anteriormente.

ATENÇÃO: Os candidatos à doação de sangue com idade entre 16 e 17 anos devem possuir consentimento formal, por escrito, do seu responsável legal para cada doação que realizar. O Hemoce disponibiliza em seu site o TERMO DE CONSENTIMENTO PARA MENORES DE 18 ANOS que deve ser apresentado para autorização da doação dos jovens nesta faixa etária. O limite de idade para a primeira doação é de 60 anos, 11 meses e 29 dias.

O concentrado de plaquetas é um componente que tem validade de cinco dias por isso seus estoques precisam ser continuamente renovados.


Recomendações para o dia da doação

- Estar bem alimentado
- Ter repousado no mínimo 6 horas na noite anterior
- Não ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas anteriores
- Evitar fumar pelo menos 2 horas antes da doação
- Evitar uso do medicamento Ácido Acetil Salicílico-ASS, anti-inflamatório ou antiagregantes plaquetários 7 dias antes da doação
- Evitar alimentos gordurosos nas horas que antecedem a doação


Situações em que não é permitido doar plaquetas
- Pessoas que receberam transfusão de sangue;
- Mulheres que já foram gestantes;
- Doadores que estiverem gripados ou com febre;
- Doadores que ingeriram bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
- Pessoas que tiveram hepatite após 11 anos de idade, doença de chagas e malária;
- Pessoas que adotaram comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis e usuários de drogas.


O que são plaquetas?

O nosso sangue é composto por três componentes: glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e as PLAQUETAS. As plaquetas são fragmentos celulares da medula óssea e tem a função de participar do processo de coagulação sanguínea, ou seja, são fatores necessários para conter um sangramento, se o organismo estiver com o número de plaquetas baixo, podem acontecer hemorragias. O sangue tem uma grande quantidade de plaquetas e parte delas pode ser doada sem causar dano à saúde.

O que é doação por aférese?

A doação por aférese é realizada em equipamento apropriado através de punção em veia do braço, com duração de 60 a 120 minutos. O processo de doação é simples, semelhante a uma doação de sangue total, e possibilita um melhor aproveitamento do componente coletado.

Existem duas formas de se coletar plaquetas: através da doação de sangue convencional e a doação de plaquetas por aférese. Nesta segunda opção, a quantidade de plaquetas coletadas é muitas vezes maior que na doação de sangue normal e pode ser feita em um intervalo menor de tempo (a cada 48 horas), isso acontece porque, no processo de doação, apenas as plaquetas são retiradas e em 48h esses componentes são repostos pelo organismo, sendo possível realizar outra doação.

Por que doar plaquetas?

A doação de plaquetas é essencial no suporte de pacientes  em tratamento de câncer, nas cirurgias cardíacas, nos transplantes de órgãos e no tratamento de algumas doenças do sangue. A doação por aférese é diferenciada porque permite a coleta de um número de plaquetas muitas vezes superior à doação de sangue total, a partir de um único doador.

Quando você pode voltar a doar?

O intervalo mínimo entre duas doações de plaquetas por aférese é de 72h, não sendo permitido ultrapassar 4 doações em 30 dias e 24 doações por ano.

O intervalo mínimo para doação de plaquetas por aférese após a doação de sangue total é de 8 semanas.


 




 

Salvar

Salvar

Salvar

 

Calendário

Outubro 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3